Condicionais – 4 – Second conditional

Second conditional – possibilidade não real ou sonho

Segundo condicional

O segundo condicional é como o primeiro. Aqui, ainda estamos pensando sobre o futuro. Estamos falando sobre uma condição particular no fututo e o resultado dessa condição. Mas não há possibilidade real para que isso aconteça. Por exemplo: Você não tem um bilhete para loteria. É possíuvel ganhar? Não. Sem bilhete, nada de prêmio. Mas talvez você vai comprar um bilhete de loteria no futuro. Então pode pensar sobre ganhar na loteria no futuro, como um sonho. Não é muito real, mas ainda assim, é possível.

If condition (condição) result (resultado)
passado simples would + verbo principal
If (se) I won the lottery (eu ganhasse na loteria) eu iria comprar um carro.

Observe que estamos falando sobre futuro. Usamos passado simples para falar sobre uma condição no futuro. Usamos WOULD + VERBO PRINCIPAL para falar sobre resultado no futuro. Uma observação importante sobre o segundo condicional é que tem uma possibilidade não real de acontecer.

Características básicas do second conditional:

Oração com if (if-clause): Simple Past
Oração principal (main clause): WOULD
He would complain if you were late. (Ele reclamaria se você se atrasasse.)

O second condition é usado nas seguintes ocasiões:

– expressa uma condição presente ou futura irreal;
– declara uma ligação entre eventos e situações que podem não vir a se realizar. Muito usado para se falar do possível ou imaginado resultado de uma situação caso uma outra ação estivesse acontecendo.

Nestas situações o verbo no passado não se refere ao passado e sim que a condição não existe ou não acontece na realidade.

If + past would + infinitive (sem to) / anômalos (could, might)

If I had money, I would buy an ice cream. (Se eu tivesse dinheiro, eu compraria um sorvete.)
If I had money, I could buy na ice cream. (Se eu tivesse dinheiro, eu poderia comprar um sorvete)

Obs:
Os verbos no segundo condicional estão todos no passado, porém há uma exceção que é o verbo TO BE que leva a forma de “were” para todos os sujeitos:
Exemplos:
If I were you, I wouldn’t touch that dog. (Se eu fosse você, eu não tocaria aquele cachorro.)
If you were in my place, what would you do? (Se você estivesse no meu lugar, o que você faria?)

 

Segue aqui um Resumo de todas as situações condicionais

 

Frases condicionais

Conditional Tense
1) Primeiro condicional:
– expressa uma condição de futuro possível;
– declara a conexão entre eventos ou situações que são possíveis mas
não certo. Muito usado para se referir a resultados possíveis(y) de ações
e eventos também possíveis (x).
If + present will + infinitive (sem to) / imperativo / anômalos
(presente/futuro)
If
he invites me, I will go to the party.
Se ele me convidar, eu irei à festa.
If he invites me, I go.
Se ele me convidar, eu irei.
If he invites me, I can go
Se ele me convidar, eu posso ir
CONDIÇÃO X RESULTADO Y

2) Segundo condicional:
– expressa uma condição presente ou futura irreal;
– declara uma ligação entre eventos e situações que podem não vir
a se realizar. Muito usado para se falar do possível ou imaginado
resultado de uma situação (y) caso uma outra ação estivesse
acontecendo (x). Nestas situações o verbo no passado não se refere ao
passado e sim que a condição (x) não existe ou não acontece na
realidade.
If + past would + infinitive (sem to) / anômalos (could, might)
If
I had money, I would buy an ice cream.
Se eu tivesse dinheiro, eu compraria um sorvete.
If I had money, I could buy na ice cream.
Se eu tivesse dinheiro, eu poderia comprar um sorvete

Obs
Os verbos no segundo condicional estão todos no passado, porém há uma exceção
que é o verbo TO BE que leva a forma de “were” para todos os sujeitos:
If I were you, I wouldn’t touch that dog.
Se eu fosse você, eu não tocaria aquele cachorro.
If you were in my place, what would you do?
Se você estivesse no meu lugar, o que você faria?
If
Jack were there, he would defend you
Se o Jack estivesse lá ele o defenderia

3) Terceiro condicional:
– Que expressa um passado irreal;
– Declara a conexão entre possível ou imaginado eventos no
passado. Usado para expressar que o resultado imaginado (y) de
uma situação ou evento (x) que não aconteceu.
If + Past Perfect Would + have + particípio passado
Could, might, should + have + particípio passado
If you
had seen the movie, you would have liked it.
Se você tivesse visto o filme, você teria gostado.

4) Condicional Conclusiva:
– Expressa uma verdade universal ou científica que é verdadeiro no
passado, presente e futuro. Pela regra, uma dada condição(y) sempre
depende, segue ou é causada por uma outra condição (x).
If + present present
If you drink too much, you get drunk
Se você beber demais, você fica bêbado.
Uma “if-clause” pode aparecer no começo ou no fim da oração:
It would be nice if you helped your brother.
Seria legal se você ajudasse seu irmão.
No inglês britânico o “Should” pode ser usado no lugar do “Would” para a primeira
pessoa do singular e do plural ( I e we ) sem alterar o significado da sentença.
If I knew his address, I should/would tell you.
Se eu soubesse o endereço dele eu lhe diria.
A contração “´d” é usada no lugar do should ou would.
I’d have called you if you had given me your number
Eu teria ligado para você se você tivesse me dado seu número.
“Whether” pode substituir o “If” nos seguintes casos:
– Quando o “if” indica escolha
Please tell whether(or not) you want to come.
Por favor, me diz se você quer (ou não) vir.
– Quando não importar o que uma pessoa escolha ou decida:
Whether
you like spinach or not, you will eat it.
Se você gosta ou não de espinafre, você irá comer.
Atenção. Geralmente não usamos o “will” ou o “would” na sentença que leva o “if”.